quarta-feira, 1 de setembro de 2010

ETEC prestigia encerramento do evento

VII FÓRUM JURÍDICO UNITOLEDO


Mirandópolis – Os futuros técnicos jurídicos da ETEC de Mirandópolis, acompanhados pelas professoras Deise Cristina Gomes Brito, Amália Figueira e Jaqueline Fernandes Carvalho, prestigiaram o encerramento do VII Fórum Jurídico promovido pela Universidade Toledo de Araçatuba.
A  organização esteve a cargo de Deise e Amália que  propiciaram aos alunos do curso Técnico Jurídico a oportunidade de participar de um dos eventos jurídicos mais renomados da região. Durante o Fórum, profissionais do Direito palestraram para os universitários e convidados.
Na programação que se seguiu de 23 a 27 de agosto, nas dependências da Cervejaria Avenida em Araçatuba, advogados, juristas e promotores alimentaram a sede de saber dos estudantes.
Na abertura de segunda-feira, Therezinha Cazerta ministrou a palestra “Competência em matéria previdenciária - questões polêmicas”, após, Wilges Bruscato abordou questões relativas ao Trabalho de Conclusão de Curso, seguido por Rubens Ferraz de Oliveira Lima falando sobre “O poder judiciário que queremos”.
Na terça-feira, Alexandre Issa Kimura falou sobre o tema “Comissão parlamentar de inquérito” seguido por Jorge Kuranaka com o tema “Direito de família: mudanças e perspectivas à luz da constituição”. À noite Newton Lima abordou o tema “Os municípios e a segurança pública”, finalizando com Jorge Napoleão Xavier com “A importância da questão ética no exercício da advocacia”.
Quarta-feira, Marcelo Truzzi Otero relatou sobre “Alimentos gravidícos” e Ronaldo Lima dos Santos debateu sobre “Direitos da personalidade no direito do trabalho”, à noite, Misael Montenegro proferiu a palestra “Direito processual a serviço do direito material” e Gladson Mamede com “Simulações empresariais e societárias: a fraude na partilha dos bens no divórcio e na dissolução”. Quinta-feira, Antonio Roberto Machado iniciou com o tema “Tendências do processo penal brasileiro” e Protógenes Queiroz proferiu sobre “Corrupção no Brasil e gestão pública”. À noite Luiz Henrique B. Franzé enfatizou “Tutela de urgência na atualidade” terminando a noite com Walter Claudius Rothenburg com “A constituição e suas representações”.
Na sexta-feira, Fabrício Muraro Novais proferiu sobre “Representação interventiva: alguns apontamentos à luz da jurisprudência do STF (Supremo Tribunal Federal)” e Vladmir Silveira com “Direitos humanos e poder”.
No encerramento, Sérgio Pinto Martins,  “Simulações estágio e relação de emprego” finalizando com o advogado Fernando Capez falando do “Novo procedimento do Júri”.
Os Técnicos Jurídicos alimentaram sua sede de saber, pois mesmo comparecendo somente no encerramento puderam assistir a Fernando Capez, um dos advogados mais reconhecidos do Estado de São Paulo.

0 comentários: