segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Logística Reversa no Brasil

Por: Amarildo Nogueira
Quando falamos em logística imaginamos um fluxo de produtos, desde o momento em que é gerada a necessidade de atendimento de um produto até sua entrega ao cliente que estará aguardando a sua chegada. Mas é importante ressaltar que existe um fluxo reverso, do ponto de consumo até o ponto onde este produto teve seu início de produção. Este fluxo reverso precisa ser gerenciado para obtenção de ganhos sustentável expressivos nos negócios.
Ainda falamos pouco sobre logística reversa, porém este assunto está se tornando cada vez mais comum em boa parte das empresas. Podemos usar como exemplo as empresas de gás de cozinha, que necessitam do botijão vazio para fazer o reabastecimento. Os clientes que necessitam comprar um novo botijão abastecido tem que entregar o vazio, pagando somente o valor do gás. Nas grandes cidades as empresas que vendem água em galões de 20 litros adotam o mesmo critério. Estes exemplos são os que evidenciamos em nosso dia-a-dia. 

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

I Semana Jurídica termina hoje

Mirandópolis – Hoje encerra a I Semana Jurídica da ETEC – com  palestra  ministrada pelo Juiz de Direito Tiago Henriques Papaterra Limongi.
O evento tem como objetivo apresentar palestras voltadas ao âmbito jurídico.
A organização está a cargo das Professoras Deise Cristina Gomes de Brito e Amália Ap. Alves Figueira.
A palestra proferida por Papaterra Limongi abordará o tema: “Questões polêmicas sobre: o aborto e a maioridade penal”, assuntos que estão em foco em debates no Brasil.
Tiago Limongi é Juiz de Direito, mestre em Direito Comercial pela Universidade de Roma – Itália, e se dispôs a apresentar seus conhecimentos no evento.
Segundo a organizadora Deise de Brito, os quatro dias da semana jurídica foram de excelente aproveitamento. “Vimos que os alunos que participaram das palestras se interessaram pelos assuntos abordados, pois a demanda de perguntas ao final de cada noite foi grande, procuraram ao máximo sanar suas dúvidas com os especialistas”, - concluiu.
Os alunos do terceiro módulo do curso técnico jurídico marcaram presença nos cinco dias de palestras, pois estão finalizando o TCC – Trabalho de Conclusão de Curso, que é obrigatório para conclusão do curso.
A I Semana Jurídica da ETEC, além da presença de seus alunos da extensão, contou também com a participação dos universitários do Instituto Toledo de Ensino de Araçatuba, os técnicos da ETEC Sebastiana Augusta de Moraes e extensão Alice Marques de Andradina.
Após a palestra haverá confraternização com coquetel de encerramento para as autoridades, gestores, alunos e convidados.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Técnicos Jurídicos realizam 1° Júri simulado do segundo semestre





Mirandópolis – Com proposta de capacitar os alunos proporcionando atividades extracurriculares que impulsionam o vasto conhecimento, novas atividades estão sendo desenvolvidas nas salas da ETEC.
Como, por exemplo, a sala descentralizada do Curso Técnico Jurídico – 2° Módulo da ETEC Sebastiana Augusta de Moraes de Andradina na Escola Estadual Noêmia Dias Perotti realizou na noite de segunda-feira (02), às 20h, o Júri simulado baseado numa historia fictícia criada e desenvolvida pela Professora Deise Cristina e alunos que ingressaram nesse semestre no segundo Módulo.
Dando vida aos personagens, os alunos sobressaíram correspondendo às instruções da professora do júri Deise Cristina Gomes de Britto.
Os alunos do primeiro e terceiro módulo do curso assistiram ao Júri e elogiaram uma das primeiras experiências jurídicas que os colegas realizaram.
Baseado em todos os procedimentos de um júri original os alunos desenvolveram propostas para estudo e trâmites legais e solução do caso.
O júri Simulado é um trabalho que para os Técnicos do 2º módulo iniciou as disciplinas cursadas desde sua volta as aulas, na segunda-feira 26 de julho onde mais duas salas integraram a composição de sete salas.
Para a turma do primeiro módulo tudo significa novidade nas quais as professoras irão capacitá-los desde os primeiros conceitos jurídicos até trabalharem nesta atividade realizada pelos alunos do segundo.
E para alunos que ingressam neste semestre no terceiro módulo e que já se destacam nas atividades o trabalho esperado exigido pela instituição escolar é a entrega em outubro da monografia do Trabalho de Conclusão de Curso, pois em dezembro acontece a primeira formatura dos técnicos em Mirandópolis.
“A cada trabalho extracurricular os técnicos tem tendência de melhorar seus pontos de vista, encontrando-se em seus personagens e descobrindo aquilo que é de extremo interesse para cada fase do júri. E quando mais se esforçamos para alcançar o desejado teremos grandes conquistas no final das contas” – afirmou Deise.
Neste novo semestre, mais trabalhos serão desenvolvidos nas salas da Etec propostas de ensino ressaltadas pelo Centro Paula Souza.

ETEC prestigia encerramento do evento

VII FÓRUM JURÍDICO UNITOLEDO


Mirandópolis – Os futuros técnicos jurídicos da ETEC de Mirandópolis, acompanhados pelas professoras Deise Cristina Gomes Brito, Amália Figueira e Jaqueline Fernandes Carvalho, prestigiaram o encerramento do VII Fórum Jurídico promovido pela Universidade Toledo de Araçatuba.
A  organização esteve a cargo de Deise e Amália que  propiciaram aos alunos do curso Técnico Jurídico a oportunidade de participar de um dos eventos jurídicos mais renomados da região. Durante o Fórum, profissionais do Direito palestraram para os universitários e convidados.
Na programação que se seguiu de 23 a 27 de agosto, nas dependências da Cervejaria Avenida em Araçatuba, advogados, juristas e promotores alimentaram a sede de saber dos estudantes.
Na abertura de segunda-feira, Therezinha Cazerta ministrou a palestra “Competência em matéria previdenciária - questões polêmicas”, após, Wilges Bruscato abordou questões relativas ao Trabalho de Conclusão de Curso, seguido por Rubens Ferraz de Oliveira Lima falando sobre “O poder judiciário que queremos”.
Na terça-feira, Alexandre Issa Kimura falou sobre o tema “Comissão parlamentar de inquérito” seguido por Jorge Kuranaka com o tema “Direito de família: mudanças e perspectivas à luz da constituição”. À noite Newton Lima abordou o tema “Os municípios e a segurança pública”, finalizando com Jorge Napoleão Xavier com “A importância da questão ética no exercício da advocacia”.
Quarta-feira, Marcelo Truzzi Otero relatou sobre “Alimentos gravidícos” e Ronaldo Lima dos Santos debateu sobre “Direitos da personalidade no direito do trabalho”, à noite, Misael Montenegro proferiu a palestra “Direito processual a serviço do direito material” e Gladson Mamede com “Simulações empresariais e societárias: a fraude na partilha dos bens no divórcio e na dissolução”. Quinta-feira, Antonio Roberto Machado iniciou com o tema “Tendências do processo penal brasileiro” e Protógenes Queiroz proferiu sobre “Corrupção no Brasil e gestão pública”. À noite Luiz Henrique B. Franzé enfatizou “Tutela de urgência na atualidade” terminando a noite com Walter Claudius Rothenburg com “A constituição e suas representações”.
Na sexta-feira, Fabrício Muraro Novais proferiu sobre “Representação interventiva: alguns apontamentos à luz da jurisprudência do STF (Supremo Tribunal Federal)” e Vladmir Silveira com “Direitos humanos e poder”.
No encerramento, Sérgio Pinto Martins,  “Simulações estágio e relação de emprego” finalizando com o advogado Fernando Capez falando do “Novo procedimento do Júri”.
Os Técnicos Jurídicos alimentaram sua sede de saber, pois mesmo comparecendo somente no encerramento puderam assistir a Fernando Capez, um dos advogados mais reconhecidos do Estado de São Paulo.

ETEC organiza Semana Jurídica

Mirandópolis – De 13 a 17 de setembro, acontece a I Semana Jurídica promovida pelas salas descentralizadas da ETEC Sebastiana Augusta de Moraes de Andradina na E. E. Dª. Noêmia Dias Perotti.
O evento tem à frente a organização e coordenação das Professoras Deise Cristina Gomes de Brito e Amália Ap. Alves Figueira.
De importância para os técnicos jurídicos, o evento visa aproximar profissionais do meio jurídico e alunos para que haja diálogo, proporcionando uma oportunidade para que troquem experiências e assimilem conhecimentos para desempenharem bem suas atividades como profissionais da área.
Serão cinco dias de palestras e cada dia da semana abordará um tema diferente; durante as palestras os alunos poderão comentar e sanar dúvidas referentes ao que está em questão, priorizando o interesse dos técnicos e valorizando o trabalho dos especialistas.
No primeiro semestre, a Semana Jurídica foi realizada no saguão da Casa do Advogado em Andradina, onde durante os cinco dias de palestras os técnicos estiveram presentes participando dos trabalhos.
Deise e Amália afirmaram que outros grandes advogados e mestres em direito estarão ministrando as palestras.
A I Semana Jurídica de Mirandópolis acontece de 13 a 17 de setembro, às 20h, no Salão Espaço Festas, na Rua Pedro de Toledo, n.°424 e é aberta ao público. Na sexta-feira haverá confraternização e encerramento do evento.
Palestras:
- 13/09 – “Relevância do Direito e Garantias Fundamentais da Constituição de 1988”, a ser proferida por Edilson Gomes da Silva, Advogado Criminalista, Mestre em Direito Constitucional pelo Instituto Toledo de Ensino de Bauru e professor universitário pelo Centro Universitário Toledo de Araçatuba;
- 14/09 – “Estruturação Organizacional Da Justiça do Trabalho e suas Competências”, palestrante Renilda Arlene Gimenes dos Santos, bacharel em Ciências Contábeis e Direito, Diretora da Secretaria da Vara do Trabalho de Andradina;
-15/09 – “Separação, Divórcio e a Emenda Constitucional n°66”, a ser proferida por Acyr Mauricio Gomes Teixeira, especialista em direito processual penal e em direito empresarial, advogado militante na cidade e comarca de Mirandópolis.
- 16/09 – “Português Jurídico” a ser proferida por Sidinéia Ramos Araujo, professora, advogada militante na comarca de Mirandópolis, especialista em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul - UFMS;
-17/09 – “Questões Polêmicas sobre: O Aborto e a Maioridade Penal”, a ser proferida por Tiago Henriques Papaterra Limongi, Juiz de Direito, mestre em Direito Comercial pela Universidade de Roma - Itália.
Os convites estão venda ao preço de R$ 10,00 mais um quilo de alimento não perecível, segundo Deise, os alimentos arrecadados serão entregues a instituições carentes, repetindo o ato feito no 2º Ciclo de Palestras.