terça-feira, 13 de outubro de 2009

Em Mirandópolis, a escola técnica oferece cursos de Logística e Jurídico

MIRANDÓPOLIS - Tiveram início na segunda-feira (17/08) as aulas dos cursos oferecidos pela Escola Técnica do Centro Paula Souza em Mirandópolis.

Oitenta munícipes estão participando dos cursos de técnico em Logística e técnico Jurídico, através do programa de competência em educação pública profissional do Governo do Estado de São Paulo.

O Centro Paula Souza administra 162 Escolas Técnicas (Etecs) e 48 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais -- a Fatec do bairro do Ipiranga na Capital será implantada em 2010 -- em 134 cidades no Estado de São Paulo. Mais de 170 mil alunos estão matriculados nas suas unidades de ensino no 1º semestre de 2009. As Etecs atendem 142 mil estudantes, aproximadamente, sendo mais de 39 mil no Ensino Médio. No Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços, em 83 habilitações, o número de alunos matriculados ultrapassa 100 mil. Já as Fatecs, abrigam cerca de 32 mil alunos nos 45 cursos Superiores de Graduação.

Esta oportunidade de investir nos estudos profissionalizantes chegou em Mirandópolis este ano, e no mês de agosto as aulas tiveram início no período noturno, na sede da Escola Estadual “Dona Noêmia Dias Perotti”. Na terça-feira (18/08), aconteceu a aula inaugural com a presença da equipe da Etec, e o diretor da Escola Técnica de Andradina, José Geraldo de Souza.

A diretora da escola que está sediando as aulas, Sônia Maria Delai Pardo e sua vice, Beatriz de Oliveira também estiveram presente. Com aulas de segunda a sexta-feira, das 18h40 às 23h20, os cursos profissionalizantes oferecem alto nível de empregabilidade no mercado de trabalho, em curto prazo.

O Técnico em Jurídico, por exemplo, é o profissional que cumpre as determinações legais e judiciais atribuídas aos cartórios oficiais e extrajudiciais, lavrando atos, autuando processos e procedendo aos registros cabíveis. Expede mandados, traslados, cartas precatórias e rogatórias e certidões. É responsável pelo gerenciamento e pelo arquivo de processos e de documentos judiciários em geral. Realiza diligências, tais como: citações, intimações, prisões e penhoras. Presta atendimento ao público, redigindo procurações, autenticando documentos. Coadjuva em audiências. Pode supervisionar uma equipe de serventuários.

Desta forma, pode atuar em cartórios oficiais - judiciais e escritórios de advocacia.

O Técnico em Logística executa os processos de planejamento, operação e controle de programação da produção de bens e serviços, programação de manutenção de máquinas e de equipamentos, de compras, de recebimento, de armazenamento, de movimentação, de expedição e de distribuição de materiais e produtos, utilizando tecnologia de informação.

Sendo esta formação de grande importância para Mirandópolis, neste período de implantação do Distrito Industrial, já que o profissional de logística deve atuar nas áreas da Indústria, comércio e empresas de consultoria.

fonte:http://www.jornalimpactoonline.com.br/noticia.php?id=13183

0 comentários: